http://www.tukasampaio.com.br/p/blog-page.htmlhttp://www.tukasampaio.com.br/p/contato_26.htmlhttp://www.tukasampaio.com.br/p/anuncie.html


Impressões sobre o Azelan

22.8.16
Arquivado em:


E aí, gente? Hoje vamos falar de um produto sobre o qual sempre me perguntam lá no IG (@a.beleza.de.tudo): o ácido azelaico, conhecido pelo nome comercial de Azelan.

O primeiro contato que tive com o produto foi por meio de algumas amigas (curiosamente todas da área de saúde), que falavam muito bem dele. Que clareava a pele, deixava lisinha (ele previne o aparecimento de espinhas) e era ideal para ser usado durante a noite.

Aqui a foto dele:                        

Fonte da imagem: divulgação
Como gosto de me informar bastante antes de usar um produto, fui perguntar à minha prima-dermato-linda (@drastephanespinola) sobre o Azelan. Ela disse que esse creme é ótimo e me liberou para usar. Como se trata de um dermocosmético, é sempre bom consultar o seu médico antes de utilizá-lo. Afinal, o/a dermato é quem pode dizer se a sua pele vai responder bem a um tratamento realizado com aquele produto em especial.

Uso desde o ano passado todas as noites e posso dizer que ele realmente diminui o aparecimento das espinhas. Claro, ainda tenho umas pontualmente, já que minha pele é oleosa e vivo em uma cidade quente e úmida, então preciso contornar esses fatores.

Contudo, em comparação ao período anterior ao uso do Azelan, o tamanho das espinhas e a frequência do surgimento delas diminuíram bastante. Quanto aos cravos, infelizmente não notei mudança, esses aí só limpeza de pele na causa.

Para quem é a louca dos rótulos (oi, eu aqui!), segue a foto da embalagem:

Fonte da imagem: divulgação
Sobre as manchas na pele: o Azelan ajuda, mas não faz milagre. Ainda tenho algumas marcas na pele da época que eu tinha muita espinha (nas maçãs do rosto especificamente). Embora não sejam marcas muito profundas (são apenas manchas, não cicatrizes), o produto melhorou o aspecto, mas para retirá-las mesmo só com peeling químico, que é feito com ácidos mais potentes.

O Azelan, como todo ácido, resseca a pele. Em certo ponto isso é bom, porque diminui a oleosidade. Por outro lado, você vai precisar dar mais atenção a hidratação da sua pele. Então, capriche no hidratante diurno. Além disso, a cada dez dias mais ou menos, deixo de usar o Azelan por uma noite e utilizo um hidratante facial mais potente. De manhã a pele fica super macia, o que ajuda a prevenir o ressecamento.

Alguém já usou esse produto? Conte pra nós nos comentários.

Beijos e até a próxima!

  1. Não conhecia Lu! Até fiquei curiosa, mas como vc falou que resseca, desanimei... Já tenho dermatite, acho que o remédio irá piorar :(

    ResponderExcluir



Tuka Sampaio, 25 anos, capricorniana. Nascida e criada em Salvador (baianinha, oxente!), capricorniana, apaixonada por moda e maquiagem. Advogada que colocou o tailleur de lado para trabalhar com o blog e dividir um pouco do seu mundo com vocês.


youtube

facebook

news por e-mail

digite seu e-mail para receber todas as novidades:

#tukasampaio

arquivo do blog

translate