http://www.tukasampaio.com.br/p/blog-page.htmlhttp://www.tukasampaio.com.br/p/contato_26.htmlhttp://www.tukasampaio.com.br/p/anuncie.html


Riqueza x Barateza

22.6.15
Arquivado em:


Como estão, leitores? Bem, primeiramente, gostaria de apresentar esta nova seção na nossa coluna. A ideia é fazer uma comparação entre dois produtos que tenham a mesma proposta, porém um custa caro e o outro é mais acessível. Neste caso, vamos verificar a atuação de um cosmético e um dermocosmético, mas nem sempre será assim. Podemos comparar dois cosméticos ou dois dermocosméticos também. Enfim, vai variar.

Mas, Lu, qual a diferença entre um cosmético e um dermocosmético?

Cosméticos de marcas como Avon, Eudora, Mary Kay, Nivea e outras marcas do tipo, possuem ação muito superficial na pele. Isso ocorre porque são formulados com concentrações baixas de ativos, de modo que possuem poucas ou mesmo nenhuma contra-indicação. Esses produtos são criados para atender ao público em geral, de modo que não tratam problemas específicos da pele.

Já os dermocosméticos, como La Roche Posay, Vichy, Bioderma, Roc e etc., possuem uma maior concentração de componentes em sua fórmula que, de fato, resolvem o “problema” da pele. Eles também apresentam uma permeabilidade superior aos cosméticos, de modo que conseguem penetrar nas camadas mais profundas da pele. É por essas razões que eles são indicados pelos dermatologistas: esses produtos são mais eficientes e tratam a cútis de fato.

 Tudo isso faz com que eles sejam, obviamente, mais caros do que os cosméticos, pois esses ativos colocados na formulação não são baratos, já que são feitos investimentos consideráveis para desenvolvê-los. Além disso, como a maioria das marcas de dermocosméticos vem de fora e a carga tributária do nosso país é extremamente alta, esses produtos acabam não sendo tão acessíveis à população quanto os cosméticos propriamente ditos.

Feitos esses esclarecimentos, é hora do duelo (tão Yu-Gi-Oh isso, né? xD)! Gel Hidratante Ação Anti-Acne, da Nivea, versus Effaclar Mat, da La Roche Posay!



Esses são dois hidratantes específicos para peles oleosas. Ao contrário do que muita gente pensa, pele oleosa não só pode como DEVE ser hidratada. Isso impede o famoso efeito rebote (quando a pele, para evitar o ressecamento, acaba produzindo ainda mais sebo) e evita rugas precoces. Aliás, por experiência própria, antes de eu começar a hidratar a pele diariamente, os meus cravos (e eu tenho muitos) eram mais “duros” de sair. Depois que adquiri este hábito, os cravos estão mais fáceis de ser retirados e não sofro tanto durante a limpeza de pele. #FicaADica

Voltando ao duelo, o Nivea obviamente ganha no preço: custa 20 (vinte) reais e fração contra os 60/70 reais cobrados nas farmácias pelo Effaclar Mat. Enquanto o Nivea tem tampa de rosca e um biquinho para sair o produto, o Effaclar Mat tem uma tampa daquela que é só empurrar com o dedo e encaixar depois.

O Nivea contém 40g em sua embalagem e promete combater e prevenir a acne. Já o Effaclar Mat vem numa embalagem de 40ml e diz controlar a produção de oleosidade da pele, reduzindo o brilho e os poros dilatados. No “olhômetro”, a quantidade de produto que vem no Effaclar Mat parece ser um pouco maior, mas não tenho certeza. Acho que o Nivea ganha no quesito “controle de oleosidade”. Ambos funcionam bem como base para maquiagem, pois têm textura tipo gel-creme, bem leve (já testei).

Finalmente, Lu, qual você indica?

Eita, que pergunta difícil...hahahahaha Entre os dois meu coração balança. Uso o Effaclar Mat há anos, é um dos poucos dermocosméticos aos quais eu sou fiel. Mas a facilidade de encontrar o Nivea (e o preço, claro) me atrai... Acho que no final das contas fica a seu critério saber se vale a pena investir ou não num dermocosmético, de acordo com a necessidade da sua pele. Se ela é mista tendente ao ressecamento ou seca mesmo, você provavelmente vai gostar mais do Effaclar Mat. Mesmo peles secas em uma cidade úmida e quente como Salvador se beneficiam de hidratantes que controlam a oleosidade, por causa do suor produzido. No entanto, se a sua pele for mista com tendência à oleosidade ou oleosa, você pode gostar mais do Nivea. Mas fique ciente que o Nivea não tem os mesmo ativos do Effaclar Mat, por ser um cosmético e não um dermocosmético.

Só pra lembrar: o hidratante deve ser utilizado após o tônico e antes do filtro solar. Seguem algumas dicas para como aplicar o creme:

Fonte da imagem: divulgação

Se alguém tiver mais indicações de hidratantes para pele oleosa, conte nos comentários! Para mais dicas, visitem o Instablog @a.beleza.de.tudo

Beijos e até o próximo post.

  1. Gente, o comentário da Sá foi bastante enriquecedor. Aliás, como sempre! Obrigada, Sá, por contribuir com a nossa coluna e por nos acompanhar. Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Oii Lu! Adorei o post!! Muito bem explicado e com um tema tão importante para entendermos como interpretar e o que esperar de cada produto, assim como o custo-benefício que podemos ter de forma realista. Essencial mesmo a ênfase que precisamos dar à hidratação na manutenção da pele, seja qual for o tipo - só ela mantém a água dentro das células apesar dos agentes externos que enfrentamos no dia-a-dia e garante aparência saudável e bonita, né? Meu favorito já há alguns anos é o amarelinho da Clinique (o Dramatically Different Moisturizing Gel - sempre penso duas vezes antes de começar a escrever esse nome! rsrs) Como bem colocou a Sá, demorei a achar um que amasse assim de cara, e dá tão certo para mim que bate o receio em mudar. Mas se tiver essa necessidade em algum momento, já tenho suas indicações! ;)
    E falando em hidratantes, também é bom lembrar daqueles específicos para a área dos olhos - um outro universo a ser adentrado. Você também poderia falar deles em outro momento, Lu?
    Ri com o "é hora do duelo!" - depois que você mencionou Yu-Gi-Oh!, na minha cabeça realmente veio a voz do Yugi!! Hahhahha Saudades da infância!
    Grande beijo, Lu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mi, não conheço esse amarelinho da Clinique, mas se funcionar pra pele oleosa pode ter certeza de que eu vou atrás. Sobre cremes para olheiras, não sou de usar muitos, já que não sofro deste problema. Na verdade, o único produto que uso para olheiras de fato é corretivo e apenas quando uso maquiagem. No resto do tempo, uso o mesmo creme que passo no restante do rosto. Obrigada por estar sempre por aqui conosco! Beijo.

      Excluir



Tuka Sampaio, 25 anos, capricorniana. Nascida e criada em Salvador (baianinha, oxente!), capricorniana, apaixonada por moda e maquiagem. Advogada que colocou o tailleur de lado para trabalhar com o blog e dividir um pouco do seu mundo com vocês.


youtube

facebook

news por e-mail

digite seu e-mail para receber todas as novidades:

#tukasampaio

arquivo do blog

translate