http://www.tukasampaio.com.br/p/blog-page.htmlhttp://www.tukasampaio.com.br/p/contato_26.htmlhttp://www.tukasampaio.com.br/p/anuncie.html


Cabelos macios com Azeite de Oliva Extra Virgem

13.2.15
Arquivado em:



     Oiee, pessoas! Tudo bem?

Lembram de que eu havia falado aqui sobre o uso do Azeite de Oliva Extra Virgem para nutrir o cabelo? E como havia prometido, hoje venho falar mais a vocês sobre isso que pode ter soado estranho para alguns, certo?



O Azeite de Oliva é obtido através da prensa de azeitonas e logo após passa por 4 fases: lavagem, moagem, prensa fria e centrifugação.
Como todo esse processo para obter o óleo é feito a frio, o óleo de oliva torna-se um dos óleos mais puros que podemos encontrar e oferece inúmeros benefícios ao nosso organismo, pele e também aos cabelos.

O Azeite de Oliva é um óleo rico em ácidos graxos saturados e rico em antioxidantes, como a Vitamina E. O ingrediente é matéria prima para muitos cosméticos, como shampoo, condicionadores e máscaras de tratamento. Mas usado puro, ele pode ser um ótimo aliado da beleza dos seus cabelos e saúde do seu couro cabeludo.
O óleo possui ação antisséptica e antifúngica, e massagear uma pequena quantidade com as pontas dos dedos no couro cabeludo pode te ajudar com descamações, caspas e seborreia. ;)

Porém, nos fios ele tem ação nutritiva, emoliente e anti frizz. Ou seja, vai deixar seu cabelo macio, tratado, ajudar a eliminar e evitar pontas duplas e a combater o temido frizz. E ainda doa um super brilho aos fios. Bacana, hein? 

Para usar o Azeite de Oliva nos fios é muito simples: Basta colocar em um recipiente uma quantidade suficiente para o seu cabelo e aquecer no microondas por alguns segundos (cuidado para não se queimar). Depois basta aplicar o óleo morninho nos fios secos e sujos mesmo, até umedecer o cabelo. Não deixe os fios secos e nem encharcados de óleo, tá?
Deixe o óleo nos fios por aproximadamente 1 hora. Depois é só lavar o seu cabelo com o seu shampoo de uso diário para remover o óleo e condicionar normalmente. Lembre-se que o óleo deve ser extra virgem. 

Abaixo vocês verão as fotos do resultado após o uso do óleo no meu próprio cabelo:




Qualquer dúvida fiquem à vontade para me deixar nos comentários que responderei com maior prazer.

Espero muito que gostem!
Muito obrigada.

Beeeejos,
Dêzinha.
Blog Devas Brasil / Canal Youtube
Instagram: @blogdevasbrasil / Twitter: @DezinhaFrr / Google Plus: +devasbrasilblog

  1. De, muito informativo o post! Normalmente eu faço a umectação com óleo de coco, nunca tentei com azeite, vc acha que tem alguma diferença? E usar a manteiga vegetal no lugar de óleo, já tentou? Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Lu, tudo bem? :D
    Eu acho o óleo de coco mais leve do que o azeite, mas o azeite nutre mais pq é mais puro, sabe? Não que o de coco não seja, mas o de oliva é extraído a frio aí os nutrientes são conservados. Porém o azeite ainda pesa no meu cabelo. Acho que o poder anti frizz do azeite é maior e como tem quem não ache óleo de coco vegetal, é uma opção. Porém, gosto mais do óleo de coco por ser mais leve e pelo cheiro também, rs. Eu vou falar sobre umectação mais a frente e sugerir outros óleos.
    Com a manteiga já tentei sim, mas derreto ela. Porém, gosto mais para potencializar alguma máscara fraquinha pro meu cabelo.

    Bjsss e muito obrigada por comentar! =**

    ResponderExcluir



Tuka Sampaio, 25 anos, capricorniana. Nascida e criada em Salvador (baianinha, oxente!), capricorniana, apaixonada por moda e maquiagem. Advogada que colocou o tailleur de lado para trabalhar com o blog e dividir um pouco do seu mundo com vocês.


youtube

facebook

news por e-mail

digite seu e-mail para receber todas as novidades:

#tukasampaio

arquivo do blog

translate