http://www.tukasampaio.com.br/p/blog-page.htmlhttp://www.tukasampaio.com.br/p/contato_26.htmlhttp://www.tukasampaio.com.br/p/anuncie.html


Capricha na Leitura – Garota Exemplar de Gillian Flynn (por Ana Paula Nunes)

24.10.14
Arquivado em:


Olá Caprichosas! =D

Hoje eu vim trazer a resenha de um livro, o Garota Exemplar de Gillian Flynn. A resenha vai ser dividida em duas partes, uma sem spoiler e outra com spoiler (mas ele está escondido, vocês tem que selecionar o texto para ler na íntegra). Espero que gostem.

A História de amor de Nick e Amy. De amor!
Gillian Flynn me fascinou com “Garota Exemplar".

Editora intrínseca, com 446 páginas.

Tudo começa com o desaparecimento da Amy.
A história é contada através de duas perspectivas que se alternam, de capítulo em capítulo. Começa com Nick, que apresenta o tempo presente em primeira pessoa. E, depois, com a Amy através de um diário, contando cenas do início do relacionamento.

 

Amy, psicóloga e escritora de uma revista feminina, é descrita como uma mulher muito bonita e encantadora, filha única que cresceu com sua vida sendo contada em uma série de livros de grande sucesso, de autoria de seus pais; fonte da riqueza da família.

“Eu sou um grande fã da mentira por omissão” Nick

Nick é um jornalista cultural. Ele tem uma irmã gêmea, personagem muito importante na descrição da personalidade do Nick, viu?! Ela nos dá dicas da direção certa da história (fica a dica).

Essa história te leva a milhares de pontos de vista confitantes. A sua opinião sobre os personagens e sobre o que realmente aconteceu vai mudar, pelo menos, umas 4 vezes (e quando você pensar que chegou lá, você não chegou). Eu lia e pensava: “Cara, a Gillian está de sacanagem com a minha cara”.

Os dois se conhecem em uma festa e o casamento acontece 8 meses depois. Tudo é perfeito nos primeiros anos de casamento. Amy é a garota exemplar que todo homem sonha ter. Amy quer ser diferente das outras mulheres, é compreensiva e dá uma liberdade exagerada (ao meu ver rs) ao marido. Porém, Nick e Amy perdem o emprego e as coisas começam a ficar tensas. Para piorar, eles mudam para a cidade de Nick; e Amy não é exatamente consultada sobre isso e não gosta nada. Bom, a Amy desaparece no dia do aniversário de casamento deles. Tudo leva a um assassinato e Nick é apontado como principal suspeito e ai...bom, o resto seria spoiler rs.
 “A verdade é flexível; você só precisa escolher o especialista certo”. Nick 


Minha experiência de leitura – CONTÉM SPOILER. 

Se quiser saber tudo sobre o livro basta selecionar o texto e ler, se não, pode pular. ;)

“Ela estava desaparecida, e no entanto estava mais presente do que qualquer outra pessoa. Eu me apaixonara por Amy porque eu era um Nick aperfeiçoado com ela. E amá-la me tornava sobre-humano, fazia com que me sentisse vivo” Nick
A primeira parte do livro enfatiza muito a psicologia do relacionamento entre o casal, vemos uma crítica muito forte à dinâmica de todo casamento. Tanto no deles, quanto nas opiniões que eles têm sobre os outros casamentos. A emergência em casar sem conhecer mais sobre a outra pessoa. A falta de diálogo e de interesse no outro, especialmente por parte do Nick. Lembro que quando eu li essa primeira parte eu fiquei muito pensativa. Como que a paixão realmente cega mas, ao mesmo tempo, está tudo ali, você vê, você sabe que não é o certo e mesmo assim fica alí pq acha que pode mudar você e ele (ela e ele rs).
“Você consegue imaginar, finalmente revelar seu verdadeiro eu ao seu cônjuge, à sua alma gêmea, e ele não gostar de você?” Amy
Eu costumo dizer que o amor é diretamente proporcional à admiração que temos pela outra pessoa, falo de tudo, amigos, amores, família. Mas, as admirações são passageiras? Esse é um tema bem explorado no livro (que muitos acharam entediante, eu não).

Logo no começo do livro eu marquei um momento em que o Nick diz "Ela disse essas últimas palavras com o ritmo infantil que algum dia já achei encantador" e depois em uma fala da irmã do Nick: "Há uma diferença entre realmente amar alguém e amar a ideia dessa pessoa".  
“Mulheres de todos os Estados Unidos conspiraram para nossa degradação! Em pouco tempo a Garota Legal se tornou a garota-padrão. Os homens acreditaram que ela existia. Toda garota tinha que ser essa garota, e, se você não era, então havia algo errado com você.” Amy
No comecinho eu pensei que a Amy era uma chata! Ai, no meio também achei isso rs. A Amy que fala com a gente através do Diário é uma mulher com idealizações de um relacionamento perfeito, e ela leva isso muito a sério. A esposa perfeita, tão perfeita e tão liberal que abre mão de si mesma pelo marido. Amy acha que todos os relacionamentos no mundo estão errados e quer, portanto, ser a diferente, a exemplar. Quem valoriza?! E é por ai que você mergulha na “cabeça da Amy”. ;) Ela é uma personagem muito complexa e cheia de artimanhas. Joguinhos que parecem puro amor, mas testam Nick o tempo todo. Amy é uma gênia!

“Querido marido, é agora que aproveito o momento para dizer que o conheço melhor do que você jamais poderia imaginar. Sei que algumas vezes você acha que desliza por este mundo sozinho, sem ser visto, sem ser percebido. Mas não acredite nisso nem por um segundo. Eu analisei você. Sei o que vai fazer antes que faça.”
Da segunda parte em diante tudo que eu tentar falar é muito mais spoiler do que eu já disse acima. Mas, eu entrei em estado de êxtase hahaha. É realmente incrível!

Mas, nenhum spoiler maior do que dizer que a Amy é, de longe, a minha psicopata preferida (acho que meu namorado vai odiar ler isso hahahaha). E, mesmo que ela seja doida, a doidera dela foi ativada por erros do Nick, tanto que ele reconhece isso, certo? (meu namorado vai odiar ler isso parte 2). E o Nick...bom... Eles se amam! Amor doentio, mas se amam.
“Meu marido é o homem mais leal do planeta, até deixar de ser” Amy“Sofri a traição com todos os cinco sentidos. Por mais de um ano” Amy

Quero muito ler os outros livros da Gillian. Todos eles  giram em torno de assassinatos, é o estilo dela: personagens complexos, encantadores e maldosos.

Obs: O filme é ótimo. E um dos filmes mais fiéis ao livro que eu já vi. Vale muito a pena.

Caprichem no Blush e na Leitura ;) 


Ana Paula Nunes

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Tuka Sampaio, 25 anos, capricorniana. Nascida e criada em Salvador (baianinha, oxente!), capricorniana, apaixonada por moda e maquiagem. Advogada que colocou o tailleur de lado para trabalhar com o blog e dividir um pouco do seu mundo com vocês.


youtube

facebook

news por e-mail

digite seu e-mail para receber todas as novidades:

#tukasampaio

arquivo do blog

translate