http://www.tukasampaio.com.br/p/blog-page.htmlhttp://www.tukasampaio.com.br/p/contato_26.htmlhttp://www.tukasampaio.com.br/p/anuncie.html


Entre Beagles e batons

23.10.13
Arquivado em:



Como muitas pessoas que leem o meu blog sabem, sou vegetariana. Deixo isso muito claro hoje e sempre, está na minha descrição do blog, está nos meus pratos de refeição e no meu dia a dia. Abdiquei ao habito de comer carne a pouco mais de um ano, apenas por uma questão de consciência.

Depois do caso dos Beagles, como eu gosto de chamar do episódio trágico do Instituto Royal, (desinformados leiam aqui, aqui e aqui) todo mundo virou defensor dos animais, ativista do PETA, membro de partidos que defendem os animais e o baralho a quatro.

Vendo a situação apenas do meu ponto de vista eu deveria achar perfeito. Sou vegetariana, não COMPRO nenhum produto testado em animais e evito consumir couro (muitas vezes é complicado comprar bolsas e sapatos que não são de couro, mas isso é papo para outra hora)... Se fosse assim, todo mundo que defende os animais, ainda que no Facebook, seriam pessoas dignas de admiração e eu incentivaria vastamente tais pessoas a abraçarem a causa.

Mas por que eu sou contra essas pessoas?

Dizer que sou contra é exagero, sou muito a favor, isso sim. Mas essas pessoas tem que entender que de nada adianta fazer 8 compartilhamentos nas redes sociais em prol dos animais e 10 minutos depois ir para o shopping, entrar na loja da Macamimimi e comprar o batom Uau Rubi, a base Longo Uso Profissional, o corretivo Estúdio de Acabamento, repor o seu iluminador Macio e Suave e fazer 3 “De Volta para a Macamimimi”. Todos nós sabemos que muitas marcas testam em animais para poder vender para a China (lá há lei que obriga o teste em animais para que seja permitida a comercialização).

“Ah, mas a Maria Kaylane Brasil não testa em animais!” Você realmente acha que os lucros da MK Brasil ficam aqui no país? Você, ao comprar uma marca, leva para a casa um pouco da sua história, um pouco da sua ideologia e de seus princípios. Quando você compra algo vindo de uma marca que testa em animais, você assina embaixo desses princípios, você “aceita os termos e condições”, ainda que não queira.

Nomes fictícios a parte, quem nunca teve uma tia que trouxe um quarteto da Lancôme de presente dos EUA? Quem nunca sonhou, dormiu e acordou pensando em um perfume da Gucci ou em uma base com tecnologia avançada da Armani? Eu recebo muitos produtos de maquiagem para divulgar no blog, tenho vários itens de marcas que testam em animais e não é por isso que vou dizer que vou jogar fora! Eu mostro a vocês o outro lado da moeda, mas sempre lembrando quando o produto não é cruelty free.

O que eu quero dizer com isso é: a empresa está errada para cassetete mas, antes de falar mal, olhe para seu PRÓPRIO UMBIGO e pense se pode realmente vestir a camisa e apoiar a causa. Vivo falando isso para minhas amigas que são vegetarianas, que defendem os animais ou que tem cachorro de estimação: você pode mesmo defender os tais beagles? E aquela sua base em pó da Mary Kay? E o seu casaco de pele? E suas maquiagens da Shisheido? E seus batons da MAC? E se fosse o seu cachorro, que você tanto ama, sendo maltratado para você ficar mais bonita por algumas horas e depois jogar, gradativamente, o sofrimento daquele animal na pia? Acho importante lembrar que maquiagem no final do dia vai para a PIA e perfume vai para o RALO!

Algumas marcas que são queridinhas, donas do nosso coração, com qualidade ímpar testam em animais, mas não é por isso que eu invisto (sim, maquiagem para mim é investimento) em produtos que não são “amigos dos animais”. Algumas marcas tem qualidade incomparável, eu sei, nada se compara aos batons da MAC, às bases do Giorgio Armani, aos corretivos da Bobbi Brown, mas eu me viro com o que eu tenho

Muitas marcas nacionais como a quem disse, berenice? (não é jabá kkkkk) não testam em animais, tem uma qualidade bem bacana, uma variedade muito boa em cores e em produtos e ainda tem um preço justo. Por que não investir nelas, comprar, usar, divulgar e vestir a camisa? Além de tudo você está promovendo algo do seu país, valorizando o seu país, os produtos desenvolvidos por ele, as tecnologias aplicadas por ele e as empresas nacionais. Outras marcas muito boas daqui também não testam em animais, como a Koloss, a Vult, a Duda Molinos, O Boticário... Para falar a verdade, a maioria esmagadora das marcas daqui não testam em animais!

Não estou querendo fazer um boicote às marcas que testam em animais, muito menos criticando a sua conduta. As marcas usam dos meios que podem, desde que sejam legais (o que não é o caso de muitas) e as pessoas compram SE QUISEREM.

É esse o ponto que tenho que destacar! Você quer levar um sofrimento animal em um frasco bonito de perfume? Você quer levar um sacrifício animal em forma de base em pó? Você quer - ainda que hajam várias outras opções de produtos similares com a mesma eficiência - patrocinar, contribuir, colaborar, com uma empresa que lucra em cima do sofrimento dos outros, isso é problema seu e de sua consciência. Só não venha vestir uma máscara de defensor dos animais só porque está na moda, só por conta do escândalo do Instituto Royal e da repercussão que ele vem gerando. 

Se você vestir a camisa a natureza agradece, a sua alma e, eventualmente, o seu bolso! Mas se você não quer abrir mãos de seus luxos por um bem maior, não acredita na causa ou não liga, não vem vestir a camisa de bonzinho porque não vai colar, a gente tá de olho em você e, como diria sua mãe, "papai do céu tá vendo!".

Com Beagles ou sem beagles, o buraco é mais embaixo.


Saiba se a empresa é cruelty Free, clique nos links abaixo:

  1. Aqui um texto que traz uma reflexão lúcida sobre os acontecimentos em São Roque e o comportamento da sociedade: http://molokomilk.wordpress.com/2013/10/22/sobre-beagles-e-pessoas/

    ResponderExcluir
  2. Tuka, admiro mto o seu blog, e todas as dicas que vc dá nele, mas permita-me ser sincera, não gostei desse aqui de hoje.

    Acho que vc pode ter se equivocado em alguns pontos, ideias vindas de notícias fantasiosas e faltando com a verdade.

    Veja bem, no "episódio dos Beagles" não eram feitos testes apenas em Beagles, mas também em ratos, coelhos e hamsters. Esses testes tbm não eram feitos para a indústria de cosméticos, e sim para a de medicamentos, voltados para a saúde humana e animal. O Instituto Royal é errado em mtos pontos, mas não no que se diz respeito ao teste em animais, já que eles são de origem legal perante a lei e possuem uma série de critérios visando o bem estar animal (se é que isso é possível).

    Tenho uma amiga vergana e totalmente contra o teste em animais, ela parece bem com o que vc disse aqui nessa publicação, mas sempre questionei que isso deve ser mto difícil, afinal até aquele remedinho que salva nossas vidas quando estamos com dor de cabeça, são testado em animais, e caso não sejam, usam alguma informação científica de um outro medicamento, que já foi testado.

    Não sou a favor do teste, mas também não sou contra. Esse é o sistema que funciona há milênios, e ainda não vi um cientista nos dar uma alternativa plausivel para que se trocasse tal método. Como futura pesquisadora, vou procurar uma solução para esse problema, e te asseguro que mtos colegas reais defensores dos animais estão fazendo o mesmo.

    Te garanto que, simplesmente dar uma opinião nas redes sociais sobre o tema não vai protegê-los de maus tratos diversos, tem que parar e pensar, o que estou fazendo para mudar tal situação? Vou entrar naquele laboratório e destruir tudo, liberar os cachorros e os ratinhos que se lasquem.

    Parar de comprar cosméticos que são conhecidamente testados em animais talvez ajude, mas não é assim que vai mudar o quadro atual, já que existem pessoas que não acreditam no que está sendo exposto aqui... mas quem se importa, estou fazendo a minha parte não é?

    Com ratos ou sem ratos, o buraco é mais embaixo.

    Beijos

    ResponderExcluir



Tuka Sampaio, 25 anos, capricorniana. Nascida e criada em Salvador (baianinha, oxente!), capricorniana, apaixonada por moda e maquiagem. Advogada que colocou o tailleur de lado para trabalhar com o blog e dividir um pouco do seu mundo com vocês.


youtube

facebook

news por e-mail

digite seu e-mail para receber todas as novidades:

#tukasampaio

arquivo do blog

translate