http://www.tukasampaio.com.br/p/blog-page.htmlhttp://www.tukasampaio.com.br/p/contato_26.htmlhttp://www.tukasampaio.com.br/p/anuncie.html


Tingir ou não tingir? - Parte I: Permanente ou temporária

24.5.12
Arquivado em:


Olá meninas, tudo bem?
Hoje eu vim trazer um esclarecimento que uma amiga minha pediu para fazer aqui no blog. Semana passada, ela decidiu tonalizar o cabelo de vermelho. Toda animada pra fazer a mudança no visual e, ao sair do banho, a surpresa: a cor não mudou em nada! Só dá pra perceber que o cabelo dela tem algo diferente na luz ou no sol. Reuni diversas dicas para esses e outros problemas na hora de tinturar, tonalizar ou fazer qualquer mudança na cor do cabelo sejam evitados. Irei dividir em 3 partes, para facilitar a leitura e ficar bem mais lúdico o texto.
Agora você decidiu pintar. Já viu mil revistas, pensou em mil cores diferentes... Maaas vem uma dúvida: que tipo de tintura eu vou usar? Qual vai ser o método para mudar a cor de cabelo? Essa resposta varia de acordo com as suas necessidades...
a) Tinturas temporárias
Para quem deseja realçar a cor natural, ganhar mais brilho ou disfarças os primeiros fios brancos a melhor opção é a de tinturas temporárias, que aderem somente à parte externa dos fios, não alteram sua estrutura e não agridem o cabelo. Como duram cerca de 6 lavagens, elas também são ideais para quem está insegura com a nova cor e são ótima opção para fazer um teste antes de optar pela tintura permanente.
b) Tinturas semipermanentes ou tonalizantes
Elas depositam pigmentos na camada mais externa dos fios, não sendo indicadas para mudanças muito radicais, principalmente para clarear. Elas permitem clarear cabelos virgens até 2 tons. Para escurecer, não há restrições. A duração aproximada é de 20 lavagens e demandam retoques e hidratações periódicas.
c) Tinturas permanentes
Contêm amônia e alteram a estrutura dos fios, permitindo mudanças mais radicais. A durabilidade desse tipo de tintura é maior pois altera a pigmentação do fio, exigindo assim retoques de raiz. Causa mais agressões e exige cuidados como hidratação constante e o uso produtos específicos para tingidos para manter a cor com a sua beleza. Tinturas permanentes clareiam até 4 tons da cor natural (cabelos virgens) e escurecem sem restrições.
E no caso dos cabelos brancos?
Se você já tem cabelos brancos e o objetivo é cobrir, a quantidade dos fios grisalhos deve ser considerada na escolha da tintura. Escolha a tintura temporária se a quantidade for pequena, pela semipermanente se os brancos já são metade dos fios ou permanente se mais da metade dos fios já branquearam.

E aí meninas, gostaram das dicas?
Espero ter esclarecido muitas dúvidas de vocês, semana que vem trago a continuação do quadro...
Beijos coloridos,

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Tuka Sampaio, 25 anos, capricorniana. Nascida e criada em Salvador (baianinha, oxente!), capricorniana, apaixonada por moda e maquiagem. Advogada que colocou o tailleur de lado para trabalhar com o blog e dividir um pouco do seu mundo com vocês.


youtube

facebook

news por e-mail

digite seu e-mail para receber todas as novidades:

#tukasampaio

arquivo do blog

translate